quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

LEITE...

Encontrei esse texto no site do Terra, achei legal e resolvi postar pra vcs. Apesar de não gostar muito de leite. Ele tem seus benefícios.


TOME BASTANTE LEITE NESTE VERÃO
Ele é ótimo para a saúde e hidrata muito bem. Veja 10 motivos para mantê-lo na dieta
Destaques
O que não faltam são motivos para beber leite todos os dias. Além de fundamental para o processo de crescimento, o leite é o alimento com a maior concentração de cálcio (mineral essencial para a formação dos ossos) e um dos mais ricos em proteínas. Por isso, o Ministério da Saúde, a OMS (Organização Mundial da Saúde) e tantas outras organizações internacionais recomendam três porções diárias de leite ou de lácteos, como iogurte, queijo ou bebidas à base de leite.
Além disso, a bebida é ótima para hidratar, o que a torna uma companheira ideal neste verão de tão altas temperaturas. A nutricionista da Láctea Brasil, Licínia de Campos, listou 10 motivos que provam que o produto é um alimento essencial. Anote e beba:

1. Leite e derivados são essenciais para a dieta humana.
O leite tem entre seus componentes nove nutrientes essenciais, entre eles cálcio, vitamina A, vitamina D, proteínas e potássio. Estudos demonstram que os produtos lácteos, quando consumidos como parte da dieta saudável, incrementam a qualidade alimentar e nutricional e ajudam a diminuir o risco de osteoporose, hipertensão, obesidade, câncer de cólon e síndrome metabólica.

2. Leite e derivados ajudam a construir ossos fortes.
O mix único de nutrientes contribui para maximizar a densidade óssea e retarda a perda óssea conforme ficamos mais velhos. A associação positiva entre o cálcio dos produtos lácteos e a saúde óssea foi bem estabelecida por décadas de estudos clínicos.

3. Leite e derivados ajudam a manutenção do peso.
Os guias alimentares recomendam o consumo de três xícaras de leite semidesnatado ou desnatado ou de produtos derivados a cada dia como parte de uma dieta saudável. Os guias também estabelecem que adultos e crianças não devem evitar leite e derivados por receio de esses produtos conduzirem a ganho de peso. Juntos, leite, queijos e iogurtes fornecem componentes únicos de nutrientes essenciais, os quais auxiliam a incrementar a qualidade da dieta, auxiliando mesmo a perda e a manutenção de peso. 4. Leite e derivados ajudam a reduzir a pressão.

Os laticínios estão entre os maiores contribuintes de cálcio, potássio e magnésio, e já demonstraram ajudar a reduzir a pressão sanguínea. Um estudo governamental de grande escala chamado Dash (Dietary Approaches to Stop Hypertension) descobriu que dietas balanceadas, hipolipídicas, ricas em frutas, hortaliças e laticínios de baixo teor gorduroso podem ajudar a reduzir a pressão tão efetivamente quanto os medicamentos.
5. Intolerância à lactose e alergia ao leite são condições muito raras e não devem levar à restrição do consumo.


Infelizmente, alguns indivíduos experimentam sintomas adversos após a ingestão do leite. Intolerância à lactose e alergia à proteína do leite são causas comuns dadas para a eliminação do leite e outros laticínios da dieta. No entanto, existem múltiplas razões, além das duas acima citadas, que produzem efeitos semelhantes aos provocados por estas patologias. A falha na compreensão das reações aos alimentos pode levar a restrições alimentares, deficiências nutricionais e, embora raras, consequências mais sérias. Por este motivo, é importante que a confusão e as falácias sobre intolerância à lactose e alergia à proteína do leite sejam bem colocadas sob o ponto de vista científico. Na verdade, intolerância à lactose não significa intolerância aos laticínios. Pesquisas demonstraram que a maioria das pessoas intolerantes à lactose pode desfrutar de até duas xícaras de leite por dia, particularmente se consumidas em refeições. Outras dicas para redução dos sintomas incluem o consumo de queijos maturados, naturalmente pobres em lactose, e a ingestão de leite isento de lactose.

6. Leite e derivados são as fontes de cálcio mais biodisponíveis.
Nem tudo que se consome é absorvido ou utilizado pelo nosso organismo. O processo digestivo destrói e degrada nutrientes antes que o organismo possa utilizá-los. Os nutrientes realmente absorvidos no nosso sistema são chamados de biodisponíveis. Alguns tipos de alimentos consumidos em conjugação com outros (ou seja, a harmonização nutricional dos ingredientes) torna-os mais biodisponíveis. Por exemplo, o cálcio. Ele é encontrado em maiores ou menores concentrações, dependendo do alimento analisado, sendo geralmente mais abundante e biodisponível no leite bovino e seus derivados. Embora outros alimentos tenham teores razoáveis de cálcio, sua absorção pode ser bastante variável. Mesmo que alguns tipos de plantas sejam ricos em cálcio, como a família das couves (brócolis, acelga, repolho, mostarda e folhas de nabo), alguns componentes estão presentes inibindo a absorção do cálcio
.
7. Leite é um alimento seguro.
Com o aumento do consumo e da produção do leite, surgiu a necessidade de aprimoramento de técnicas e de higienização na obtenção, no transporte e na conservação do leite, com o objetivo de garantir um produto limpo e saudável e com maior tempo de conservação. Por isso, atualmente existem inúmeros processos realizados no leite para melhorar sua qualidade e aumentar sua vida útil na prateleira.

8. Leite e derivados diminuem o risco de câncer de mama e de cólon.
O ácido linoleico conjugado (CLA), presente no leite, retarda o desenvolvimento de tumores mamários em animais. As mulheres pós-menopausa, com altos níveis de CLA no sangue e de tecidos adiposos, têm 70% de chances de minimizar o câncer de mama. Igualmente, o consumo incrementado de leite e derivados demonstrou diminuir o risco de câncer de cólon em ambos os sexos em 40%.

9. Leite e derivados: tratamento natural para síndrome pré-menstrual (TPM).
Os estudos mostram que mulheres com TPM parecem ter anormalidades no metabolismo do cálcio. Quando essas mulheres ingerem de 1.000mg a 1.300mg de alimentos ricos em cálcio, tais como leite, experimentam melhoras significativas no humor, no comportamento, nas dores e nos inchaços durante o ciclo menstrual.

10. Leite e derivados ajudam a manter a dentição por toda a vida.
As crianças aprendem que o cálcio do leite ajuda a construir dentes mais fortes. Mas poucos sabem que as proteínas do leite e dos queijos combatem a formação da placa dentária e ajudam a revestir os dentes, diminuindo a quantidade de carboidrato fermentável na boca e o risco de cáries dentárias.
      

9 comentários:

  1. Que maravilha! Eu adoro leite, queijo... Tomo puro de manhã! Sabe que surgiu um calombinho no meu pé e meu cunhado disse que também tem e é calcificação! Acho que eu tenho cálcio sobrando, hehehe
    É tão bom ver o corpo voltando a ser como era antes... É a primeira vez que sinto isso!
    Beijos e bom dia!

    ResponderExcluir
  2. Mto bom post...adoro leite, mas tenho tomado só de noite quentinho é mto relaxante!!!

    bjinhos

    ResponderExcluir
  3. Eu tbm adoro leite ! ainda bem que ele faz bem !

    adorei a reportagem sobre o leite,afinal o meu dia não começa sem ele,linda !!

    bjs !!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pela força la no blog...

    e a materia é muito boa...]

    bjs...

    ResponderExcluir
  5. Ola

    Nossa é muito bom mesmo, pena que mudei meus habitos, sempre bebi mto leite, mais com essa vida corrida, nem isso nao faço mais.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Com esse calor um copo de leite gelado é ótimo, eu tomo puro mesmo, adoroo =D
    Bjusss

    ResponderExcluir
  7. Eu amoooooooooo leite....

    e ainda mais agora....


    bjim

    ResponderExcluir
  8. e eu que nao gosto de leite ?????

    ResponderExcluir
  9. Eu adoro leite
    sabia q minha uma vez fez uma dieta do leite
    e ela emgreceu mais engordo de novo,
    porq na dieta era só leite
    rsrs
    mais eu amo leite ainda mais nesse calor!
    BjoO**

    ResponderExcluir